Como socializar gato com cachorro

Quer socializar gato com cachorro? Então, veja como realizar essa adaptação seguindo apenas 4 passos e algumas dicas para facilitar a convivência entre eles.

gato sentado apoiado ao lado de um cachorro deitado

Aprender como socializar gato com cachorro pode parecer uma tarefa complicada para algumas pessoas, pois o senso comum criou uma certa rivalidade entre os dois. Afinal, até nos desenhos eles são colocados como inimigos.

De forma geral, é compreensível o medo dos tutores ao fazer a socialização desses pets. De um lado, o felino territorialista e metódico. Do outro, o cachorro cheio de instintos e impulsividade. 

Mas, a verdade é que esses pets podem criar uma verdadeira e longa amizade, caso o tutor faça o seu dever de casa: socializar gato e cachorro com responsabilidade e paciência

Portanto, vamos facilitar a vida de quem tem um desses bichinhos e deseja ter o outro. Aqui você vai encontrar um passo a passo de como realizar esse processo, dicas que podem favorecer a adaptação e, por fim, minha experiência pessoal com os meus três pets.

Socializar gato com cachorro: passo-a-passo

Primeiro passo: aproximação

Tem um cão em casa e acabou de adotar um gato? Ou já tinha um felino e está trazendo um cachorro para ser o novo integrante da família? De uma forma ou de outra, você vai precisar de três itens, para o primeiro momento, são eles: coleira, caixa de transporte e petiscos.

Crie um ambiente tranquilo para os animais em algum cômodo da casa. Coloque o felino na caixa de transporte e segure o cachorro em uma coleira. Com os dois separados, mas no mesmo local, comece a oferecer petiscos e carinhos para ambos.

Essa técnica vai mostrar para os bichinhos, que a presença um do outro não é algo ruim. Pelo contrário, quando eles dividem o mesmo espaço, eles ganham alimentos gostosos e atenção.

Segundo passo: tire o gato da caixinha

Durante algum tempo fazendo o primeiro passo, os animais vão começar a ignorar a presença do outro no ambiente. É nesse momento que você vai deixar o gato sair da caixinha, mas sempre segurando o cãozinho pela coleira.

Continue os afagos e os petiscos, assim eles vão permanecer ignorando a presença um do outro.

Terceiro passo: movimente o gato

Agora chega o momento de fazer o gato se movimentar rápido, de um lado para o outro, como se estivesse correndo. Para isso, use um brinquedo para chamar a atenção do felino. 

Essa etapa serve para que o cão veja esse movimento e mesmo assim não queira correr atrás do gato. Caso esse interesse apareça durante o terceiro passo, repreenda o cãozinho. Mas se ele se comportar, dê uma recompensa.

Quarto passo: paciência e persistência

Não pense que a socialização entre cão e gato vai terminar após você realizar esses três passos uma única vez. É preciso que esse treinamento seja feito mais vezes, até que você sinta segurança para deixar o cãozinho sem coleira próximo do gato sem a caixinha.

O mais importante de tudo é que ambos se sintam bem e confortáveis com a presença um do outro. Grunhidos não devem ser tolerados de nenhuma das partes e bons comportamentos devem ser recompensados. 

Com muita paciência e persistência, você vai conseguir iniciar uma amizade linda entre o cão e o gato.

Dicas para facilitar a adaptação

  • Castre os animais: a importância da castração vai além dos cuidados com a saúde. Esse procedimento também diminui a agressividade e, consequentemente, a possibilidade de brigas entre os animais. Além de reduzir a necessidade de demarcação de território
  • Invista em enriquecimento ambiental: de acordo com a adestradora e franqueada da Cão Cidadão, Maria Fernanda Modaneze, o enriquecimento ambiental é importante para ambos os animais. Além dos passeios para os cães, a profissional explica, em artigo publicado no site da Cão Cidadão, que os felinos também precisam de rotinas diárias com brincadeiras e atividades 
  • Mime os pets: encha a casa com brinquedos e compre os petiscos que eles mais gostam. Sempre que eles apresentarem um bom comportamento, recompense com algum dos mimos
  • Respeite o espaço de ambos: lembre-se que você não deve forçar uma aproximação dos animais. Espere que eles se sintam confortáveis com todas as mudanças que um outro bichinho traz para a casa. Não tenha pressa em deixá-los juntos, pois quando menos você esperar, eles vão ser inseparáveis. 

Minha experiência ao socializar gato com cachorro

Depois que decidi me tornar uma protetora animal, minha vida foi presenteada com vários bichinhos. Alguns passaram por mim para encontrar uma família e outros se tornaram parte da minha. 

Esse foi o caso dos meus três atuais companheiros de quatro patas: Pepita, Charles e Padoca, duas cadelas e um gatinho. E, além da socialização entre eles, ainda tive que adaptá-los ao ambiente que era novo para todos (inclusive para mim que estava de mudança).

Assim que me mudei, trouxe Pepita que já estava comigo há dois anos. E Charles, que tinha acabo de resgatar. Eles não se conheciam, então iniciei a apresentação da mesma forma que ensinei acima.

Pepita já tinha tido outro contato com um gato, mas ela costuma ser muito impulsiva, quer chegar perto a todo custo. Ao contrário de Charles, que queria manter distância.

Mas, aos poucos, eles foram se acostumando com a presença um do outro. Com alguns episódios de Charles “se armando” para Pepita e ela, por sua vez, querendo correr atrás dele. No entanto, todos esses confrontos foram reprimidos imediatamente.

Quando eles já estavam confortáveis um com o outro, chegou Padoca. Dessa vez, ela tinha medo de Charles, pois não tinha uma boa experiência com outros felinos. Portanto, a adaptação era para mostrar que ele não iria fazer nada contra ela. 

De toda forma, o processo de socialização entre eles não durou mais de uma semana. E olhe que são todos animais adultos, porém castrados.

Então, não se desespere quando chegar com um novo animal em casa e ele não for bem recebido pelo anfitrião. É comum de ter um estresse no início da socialização de cão e gato. Mas, com paciência você consegue reverter a situação e torná-los grandes amigos. Veja só como os meus estão atualmente:

um gato e dois cachorros posando para a foto

Quantas estrelinhas esse post merece?

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2
Como socializar gato com cachorro

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Katharyne Bezerra
Katharyne Bezerra é jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela UniFavip-DeVry. Atua como ativista ambiental e animal desde 2014 e já foi presidente de uma ONG de proteção ambiental durante 4 anos. Desde 2015 escreve sobre animais para diversos sites. Atualmente, é tutora de três pets, Pepita, Padoca e Charles. Siga no instagram!

Deixe seu comentário